03 mai 2013

Hora de estudar


Toda criança precisa de um ambiente organizado, arejado, arrumado… para conseguir se concentrar na hora dos estudos. Vejam que bacana estes espaços que funcionam muito bem para esta finalidade.

Bjo, bjo

1.3

1.5

1.6

2

3

4

9


11 abr 2013

Passar muito tempo em frente a TV é prejudicial


A

Todo mundo sabe que ficar muito tempo em frente à TV não faz bem para o desenvolvimento das crianças. O desafio é mudar esse hábito, que acontece especialmente devido à falta de espaço para brincar e à saída dos adultos para o trabalho. “As crianças estão mais voltadas ao lazer em frente à TV e ao computador, que tem o mesmo efeito da TV”, a criança quando está vendo TV não se movimenta o quanto deveria e isso prejudica seu desenvolvimento motor, compromete sua formação e dificulta o desenvolvimento equilibrado dos seus sentidos, além da questão da obesidade. Ela se movimenta pouco, fica passivamente assistindo o que se passa na telinha e não tem tempo suficiente para processar as informações que recebe em um ritmo imposto e pensado para que ela se desenvolva em um formato pré-concebido de consumidor final.

Mesmo quando a programação é selecionada e própria para a idade, é um hábito ruim. A especialista explica que a criança até os sete anos precisa ter seu desenvolvimento físico e motor como prioridade. A movimentação do corpo é de grande importância para que ela se desenvolva de forma equilibrada e saudável. Mas, ao assistir uma programação, os seus outros sentidos acabam sendo postos de lado, com o foco permanecendo na visão e na audição. O resultado é a formação de um indivíduo com deficiências sutis no desenvolvimento. A criança pode ainda se “viciar” na programação da TV, bem como em computadores e jogos eletrônicos, e preterir as relações sociais. Essa criança pode desejar muito mais estar com seus eletrônicos que participar de uma atividade que envolva relacionamento pessoal. Observe um grupo de adolescentes e jovens adultos, muitos deles estão totalmente absortos com seus eletrônicos e perdendo a oportunidade de interagir com seus pares em tempo real. Isso também pode acontecer com as crianças e em grau muito mais elevado. Os atrasos de desenvolvimento, comportamento agressivo, diminuição do desempenho na escola e obesidade são alguns dos efeitos nocivos.

Cabe aos pais determinar o tempo que será permitido à criança ficar em frente à TV. Quanto menos tempo, melhor. A psicóloga cita uma pesquisa da Associação Americana de Pediatria que recentemente divulgou que menos de duas horas seria o tempo permitido (não o desejável) a uma criança em idade pré-escolar, incluindo também nessas horas o tempo dedicado ao computador, ao videogame, tablets e DVD. Segundo ela, a criança nada perde se deixar de ver TV e puder explorar o seu ambiente, brincar com sua imaginação e buscar entretenimento junto aos seus colegas e familiares. É comprovado que modificar os hábitos de crianças em fase pré-escolar pode melhorar consideravelmente a sua competência global social e emocional, isto é, sua forma de interagir com o mundo que a cerca. Os pais devem sempre oferecer atividades diversificadas, a possibilidade de interação com colegas e sobretudo, a sua companhia.

Bjo, bjo

 

Fonte: http://bebe.bolsademulher.com


27 mar 2013

Hora de dormir


A

Uma das grandes dúvidas que surgiram antes do Bernardo nascer foi sobre a noite de sono do meu pequeno, como eu contratei uma enfermeira, pensava: Será que devo deixa-la dormir no quarto dele ou acostumá-lo desde o início a dormir sozinho.

Até eu voltar para casa estava certa de que a Enf. dormiria no quarto de serviço, com a babá eletrônica e quando ele chorasse ela iria até o quartinho dele. Mas depois de algumas histórias e da opinião do pediatra do Be, que me falou que bebê muito novinho NUNCA deve dormir sem a presença de um adulto por perto, resolvi deixar a enfermeira passar as noites no quarto do Bernardo.

Este final de semana fiquei sem ninguém, o que sinceramente ADORO, apesar de chegar à segunda acabada, é ótimo ficar em casa apenas eu, meu marido e nosso bebê. Mas, chegou a hora de dormir e junto à dúvida, aonde colocar o Be para dormir, já que ele ainda não deve dormir só? Quando eu comprei o enxoval do Be, comprei um bercinho muito prático da Summer Infant, quealém de leve também é pequeno e eu consigo coloca-lo em qualquer lugar da casa. Este final de semana meu pequeno dormiu no meio da minha cama, neste bercinho e confesso que foi uma sorte, pois o neném está com probleminha de refluxo e depois da mamadeira, mesmo depois do arroto quando eu deitei ele o leite voltou quase todo e foi aí que eu dei graças a Deus por estar por perto, pois consegui ajuda-lo imediatamente.

Mamães fica a dica, NUNCA deixe seu pequeno dormir sozinho pelo menos até ele conseguir levantar a cabecinha ou se virar para o lado.

Bjo, bjo


21 mar 2013

Primeiros Passos


1

Os primeiros passos de um bebê são um momento inesquecível para todos os papais e mamães, além de ser uma grande conquista para a criança.  Geralmente as crianças dão os primeiros passos com ajuda dos pais entre 10 e 11 meses e por volta dos 12 e 18 meses já conseguem andar sem ajuda. Depois dessa idade, caso não ocorram os primeiros passinhos, é recomendável procurar um pediatra para verificar o que está ocasionando o atraso no desenvolvimento motor.

As crianças começam a caminhar quando se sentem prontas e no começo é inevitável que tropecem, cambaleiem e caiam inúmeras vezes. Forçar a criança a adotar uma postura sem ela estar preparada fisicamente pode levar a problemas posteriores, além de ser uma pressão emocional.  Não se preocupe, o início dessa fase a coordenação motora do neném ainda não está completamente formada. Nos primeiros tombos haja naturalmente, pois a queda faz parte do aprendizado, andar é um teste de controle de forças e equilíbrio para a criança. Não demonstre insegurança acostume-se a esta situação, haja com tranquilidade e estimule seu bebê a tentar novamente.

Estimular a criança a andar com os pés descalços e em diferentes texturas de solo, como a grama e solo rústico são importantes conhecimentos táteis para a criança.

Nessa fase, e daqui por diante, todo cuidado é necessário. Adapte a sua casa para evitar acidentes. Retire os objetos pontiagudos, proteja todas as quinas dos móveis, instale redes nas janelas e grades nas escadas, desta forma você fará a sua parte e contribuirá para ter menos surpresas indesejáveis.

Bjo, bjo


18 mar 2013

Filhos de babás


Conheço muitos filhos de babás. Aqueles que vão aos aniversários dos amigos sozinhos com a babá, passeiam no shopping só no colo das babás, enquanto os pais estão lá na frente preocupados com outras coisas, dormem no quarto com a babá, vão à festa da escola com a babá, ficam em casa com a babá, quando os pais viajam, e vão até ao Pediatra com a babá!!

 

Nada contra babás. Elas têm uma função importantíssima e digníssima de ajudar nos cuidados com nossos filhos.Meu filho também têm babá, que me ajuda muito. Ajudar, tudo bem. Porém terceirizar a maternidade pra mim já é demais. E é disso que eu falo. De pais que terceirizaram sua participação na vida dos filhos.

O filho da gente é pra gente cuidar! Eu sempre preferi limpar, dar banho e dar mamadeira para o Bernardo pessoalmente, do que solicitar à babá., sabe por quê? Porque com certeza eu faço estas tarefas com mais cuidado e com amor que só a mãe tem pelo seu filho.

Passeios, shoppings, Clubes, Praças com certeza o Be estará na minha companhia e nunca sozinho com a babá, sem ninguém por perto. E no médico? Sempre vou às consultas, para explicar e entender pessoalmente qualquer situação.

Posso parecer super protetora, mas no fundo o que eu não quero é deixar passar qualquer momento da vida do meu filho. Não quero ofender nenhum estilo de mãe. Sei que todas temos nossos problemas, nossas obrigações, nossas necessidades. Como já falei aqui, toda mãe tenta acertar e nenhuma é perfeita. O que quero defender é a presença das mães, é a companhia e a participação na vida das crianças. Isso faz uma diferença incrível. O papel da mãe e do pai é fundamental para o bom desenvolvimento das crianças. As babás são nossas aliadas, mas a responsabilidade de criar, cuidar, estimular e amar sempre será nossa.

Criança precisa de mãe!

Bjo, bjo

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 20 de 53« Primeira...10...1819202122...304050...Última »