22 jan 2014

O jeito errado de chamar atenção – Diário de bordo


2

Mamães, a última do Bernardo não é mole não, ontem cheguei em casa tarde e ele estava a todo vapor querendo mais do que nunca chamar a atenção. Como é difícil conseguir resolver tudo o que precisamos em apenas 24 horas, e ainda dar a atenção que gostaríamos aos nossos pequenos. como já era quase 21:00, fui direto para cozinha lanchar e o Be estava na sala com o pai. Já que ele estava ali e o pai não prestava muita atenção nele, (homens gostam de brincar 10 segundos e de preferencia com a criança quieta e eles podendo ouvir o canal de esporte) o Be começou a quebrar as coisas que estavam em cima da  mesa para chamar a atenção. Quando eu ouvi o barulho, fui correndo na sala e ele havia quebrado um cinzeiro de vidro e uma compoteira, sinceramente não sei como ele não se machucou.  É claro que diante disso ele tomou uma bela de uma bronca, e como comigo o buraco é mais embaixo ele começou a fazer ânsia de vomito. Acho que como ele ficou sem graça enquanto não chegou as vias de fato ele não sossegou, e foi aí que para finalizar a noite com chave de ouro ele acabou vomitando todo o jantar no meu pé…

Fiquei tão chateada, afinal ver seu filho vomitando por nada, só porque quer chamar a atenção é terrível. Hoje eu busquei ajuda na web e achei este texto no site babycenter que achei interessante.

aproveito para perguntar se algumas de vocês também já passaram por isso e como resolveram?

Bjo, bjo

“… A criança que provoca o vômito quando é contrariada está apresentando uma reação de defesa, mas que não deixa de ser extremamente desconfortável, inconveniente e desgastante para os pais.

Para os pais, resta respirar fundo, e, sem perder o controle da situação, demonstrar o seu descontentamento com o que aconteceu. Dá para fazer isso através da fala ou da expressão facial, ou as duas juntas. Deixe claro que aquilo que a criança está fazendo é errado. Mas evite exagerar na bronca ou no castigo.

Caso a criança persista com a manifestação de birra ou vômito provocado, os pais precisam reunir todas as suas forças para demonstrar desprezo, ou seja, não voltar sua atenção para a criança (pois é isso o que ela quer). Até a bronca já significa atenção, por isso é melhor ficar em silêncio, manter o rosto sério, e evitar até o contato visual enquanto limpa e troca a criança.

Vale lembrar que o aprendizado das crianças ocorre por repetições, e infelizmente não vai ser da primeira vez que vocês vão conseguir cortar esse tipo de comportamento (a não ser que tenham bastante sorte).

Se, depois de várias vezes, a criança perceber que os pais não dão bola para o vômito e portanto seu “objetivo” não é alcançado, ela vai acabar desistindo da provocação de vômitos. “

http://brasil.babycenter.com/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe seu comentário