11 ago 2014

Ansiedade ou manha – Diário de Bordo


Mamães, hoje vou falar mais um pouco do dilema que tenho vivido aqui em casa. Ontem pela quadragésima vez meu filhote vomitou toda a comida. Bernardo tem mania de ficar forçando o vômito para chamar a atenção e na maioria das vezes ele sempre faz isso quando acaba as refeições e ontem não foi diferente, após o jantar e a papinha doce, ele começou a fazer esta graça. Eu fui preparar o banho e nem bem eu acabei de arrumar as coisas ele começou a chorar e eu não sei se ele fica nervoso ou o quê mas ele coloca toda a comida para fora e só para quando não tem mais nada na barriguinha.

Nas primeiras vezes eu chorava, ficava tão angustiada e triste, cheguei a ir ao pediatra para uma conversa comportamental mas o mesmo me disse que é a forma que ele achou de chamar minha atenção. Um tanto quanto dramática esta forma, vc´s não acham, afinal que ser humano gosta de vomitar,  tenho certeza que nem ele gosta.  – Dr. Claudio Len me diz para quando isso acontecer eu deixar ele vomitado e sair de perto, para ele ver que se fizer isso novamente terá que lidar com sua atitude. Mas qual mãe aguentará ver seu pequeno aos prantos e todo vomitado e fingir que não é com ela.

As vezes me questiono o porque dele estar fazendo isso tão corriqueiramente, afinal sou sempre tão disponível para ele, será que estou mimando demais?? Embora aqui em casa não é não, por exemplo controle remoto não é brinquedo de criança, e mesmo com a birra neste caso não é não.

O que torna nossos pequenos esses serzinhos tão espertos que nos colocam nas mãos deles mesmo com um ano e meio de idade.  Dr. Cláudio diz que não estamos criando seres para a vida, que hoje nossos pequenos possuem na maioria dos casos além de nós uma babá que dedica 100% do tempo dela para servir. Mas como lidar com o avanço do século XXI onde as mulheres não só gostam mas, em alguns casos, também precisam trabalhar. Colocar uma criança de um ano e meio na escola período integral modificaria alguma coisa?

Não sei se outras mamães também passam por isso, mas se puderem contribuir com alguma sugestão ou comentário será muito bem vindo.

Bjo, bjo iphone agosto 2014 004


08 ago 2014

Feliz dia dos pais


Este final de semana comemoraremos o dia dos pais. Todas as crianças no mundo precisam da figura paterna tanto quanto a materna. Embora a mãe se faça mais presente no inicio da vida dos pequeninos, pois os pais normalmente saem cedo para o trabalho e não conseguem o mesmo tempo de convívio que nós, são muito importante na vida de nossos filhos e os mesmos amam tê-los por perto mesmo que por pouco tempo.

Aqui em casa, embora eu esteja bem mais presente e atuante, toda vez que o Bernardo vê o pai pula para os braços dele.

Então o post de hoje é para homenagear esta figura masculina que amamos e temos como herói.

FELIZ DIA DOS PAIS!!

Bjo, bjo

papai2

 


06 ago 2014

Decoração para festas e buffets


Mamães, hoje meu publipost é para falar do negócio do maridão, tem horas que santo de casa faz milagre sim, rs rs

Reabre esta semana para os maiores lojistas do mercado presenteiro, de utilidade e cozinha o Show Room da Art Home... A Art Home é uma importadora de produtos para casa e decoração que está no mercado há mais de 16 anos abastecendo lojas de todo o Brasil. Vindo de uma difícil separação societária a empresa reabre suas portas toda repaginada, com novas linhas e produtos que tenho certeza virarão hit  nas gôndolas das lojas e nas mais belas decorações por todo o Brasil.

Dentro desta nova roupagem hoje a ART HOME busca abrir o mercado de decoradores de festas. ” Estes vasos são incríveis e fazem a diferença em qualquer ambiente e decoração” disse ontem minha amiga e umas das melhores decoradora de festas de São Paulo, Letícia Alencar.

Uma das apostas da empresa é a linha Neo Zelandesa  Strahl que trará um novo jeito de servir. Qualidade, design e inovação em copos inquebráveis de um jeito que você nunca viu. Com eles as crianças ficam seguras e a bebida gelada por mais tempo, tudo com a elegância do vidro e o custo benefício que todos gostamos.  Veja o vídeo no link a seguir (http://strahlbeverageware.com/product-usage-videos-g-114.html)

CANON SHOW ROOM 179

Semana que vem a Art Home, estará presente na feira ABUP, que é umas das feiras mais conceituada do mercado de UD. Esta edição acontecerá de 13 a 17/08 em novo local (Avenida Prof.ª Ida Kolb, 513 – Casa Verde) próximo a ponte do Limão.  Com projeto assinado por Luana Mattos o stand trará um conceito retrô. ” Quis trazer para feira a atmosfera do SOHO, um dos bairros mais descolados de NY, os produtos da Art Home tem muito esta pegada contemporânea e ao mesmo tempo arrojada e moderna”.

Vejam algumas fotos do Show Room com as linhas e produtos novos – Agende sua visita através do telefone (11)  5523-5333

Aproveite e boa sorte!!

CANON SHOW ROOM 183

CANON SHOW ROOM 185

CANON SHOW ROOM 199

IMG_3802

IMG_3805

IMG_3804

IMG_3801

CANON SHOW ROOM 222

 


04 ago 2014

Os riscos do cigarro durante a gravidez


11

Não preciso nem falar que fumar durante a gravidez faz muito mal a saúde do bebê, no entanto infelizmente algumas mães ainda recorrem sobre este erro. Sei que não deve ser nada fácil para uma fumante ter que de uma hora para outra parar com o vício, mas pensando que esta atitude pode prejudicar seu pequeno filho que está por vir já é uma ótima causa.

O pulmão é o órgão que mais sofre com os efeitos do fumo, porque absorve todas as substâncias químicas existentes no cigarro. Algumas dessas substâncias  fazem com que os vasos sanguíneos, que abastecem de sangue o útero, fiquem mais estreitos, o que fará com que o bebê receba menos oxigênio e alimento do sangue, como deveria receber. Como consequência dessa debilidade, o bebê pode sofrer alguns riscos como:

– Pesar pouco ao nascer

– Nascer prematuramente

– Morrer por síndrome de morte súbita

– Desenvolver doenças respiratórias e alérgicas como é o caso da asma. Uma em cada 3 crianças nesse caso sofre de asma.

– Nascer com alguma má formação devido a diminuição dos níveis de vitamina C e B12.

Alguns estudos mostram que uma química potente que causa câncer, chamada NNK, se transmite aos bebês pelas mães que fumam. Outros também relacionam o hábito de fumar durante a gravidez, a que a mãe tenha um bebê com possíveis problemas de conduta e aprendizagem. Foi comprovado também que o consumo de cigarros, também pode provocar um aborto natural, ou uma gravidez extrauterina. Se você fuma e deseja engravidar, deve deixar de fumar antes. Se já estiver grávida, abandone o cigarro o quanto antes. Se em um caso extremo não puder deixar de fumar totalmente, reduza o número de cigarros a menos de três ao dia. Isso pode diminuir os riscos. Se estiver grávida e desejar deixar o cigarro pelo seu bebê, mas não estiver conseguindo, peça ajuda e apoio ao seu médico. O uso de produtos para deixar de fumar, só são permitidos sob orientação médica.

Fumar depois do parto

O fumo não é sadio para um bebê durante sua gestação nem depois do seu nascimento. Os bebês, assim como as crianças expostas ao fumo, têm maior probabilidade de sofrer com resfriados, problemas pulmonares e infecções nos ouvidos. Os pequenos se convertem em fumadores passivos. As gestantes que não fumam devem evitar a fumaça de outros fumantes. A exposição regular à fumaça, mesmo que seja de forma indireta, pode ser prejudicial ao bebê. Por essa razão, a gestante, ainda que não fume, deverá evitar os ambientes onde é permitido fumar.

Quer deixar de fumar?

Não exista motivação maior para uma gestante do que ter um bebê sadio e sem problemas. Se pensar nele, com certeza vai superar a tentação de fumar. Além disso, a gestante precisará tomar algumas decisões como se desfazer dos cigarros, isqueiros e cinzeiros. Procure também se distanciar dos lugares e pessoas que fumam. Peça ajuda e apoio ao seu marido, companheiro e amigos. Peça permissão ao seu médico para utilizar chicletes, medicamentos e outros produtos que possam ajudá-la a abandonar o cigarro. Não desanime se não conseguir evitar fumar. Se for necessário, recorra a alguns programas, alguns oferecidos pelo sistema público. Pense que se o seu bebê nascer com algum problema é provável que se sinta culpada. As consequências psicológicas serão piores para a mãe que fuma.

Não preciso nem falar que fumar durante a gravidez faz muito mal a saúde do bebê, no entanto infelizmente algumas mães ainda recorrem sobre este erro. Sei que não deve ser nada fácil para uma fumante ter que de uma hora para outra parar com o vício, mas pensando que esta atitude pode prejudicar seu pequeno filho que está por vir já é uma ótima causa.

O pulmão é o órgão que mais sofre com os efeitos do fumo, porque absorve todas as substâncias químicas existentes no cigarro. Algumas dessas substâncias  fazem com que os vasos sanguíneos, que abastecem de sangue o útero, fiquem mais estreitos, o que fará com que o bebê receba menos oxigênio e alimento do sangue, como deveria receber. Como consequência dessa debilidade, o bebê pode sofrer alguns riscos como:

– Pesar pouco ao nascer

– Nascer prematuramente

– Morrer por síndrome de morte súbita

– Desenvolver doenças respiratórias e alérgicas como é o caso da asma. Uma em cada 3 crianças nesse caso sofre de asma.

– Nascer com alguma má formação devido a diminuição dos níveis de vitamina C e B12.

Alguns estudos mostram que uma química potente que causa câncer, chamada NNK, se transmite aos bebês pelas mães que fumam. Outros também relacionam o hábito de fumar durante a gravidez, a que a mãe tenha um bebê com possíveis problemas de conduta e aprendizagem. Foi comprovado também que o consumo de cigarros, também pode provocar um aborto natural, ou uma gravidez extrauterina. Se você fuma e deseja engravidar, deve deixar de fumar antes. Se já estiver grávida, abandone o cigarro o quanto antes. Se em um caso extremo não puder deixar de fumar totalmente, reduza o número de cigarros a menos de três ao dia. Isso pode diminuir os riscos. Se estiver grávida e desejar deixar o cigarro pelo seu bebê, mas não estiver conseguindo, peça ajuda e apoio ao seu médico. O uso de produtos para deixar de fumar, só são permitidos sob orientação médica.

Fumar depois do parto

O fumo não é sadio para um bebê durante sua gestação nem depois do seu nascimento. Os bebês, assim como as crianças expostas ao fumo, têm maior probabilidade de sofrer com resfriados, problemas pulmonares e infecções nos ouvidos. Os pequenos se convertem em fumadores passivos. As gestantes que não fumam devem evitar a fumaça de outros fumantes. A exposição regular à fumaça, mesmo que seja de forma indireta, pode ser prejudicial ao bebê. Por essa razão, a gestante, ainda que não fume, deverá evitar os ambientes onde é permitido fumar.

Quer deixar de fumar?

Não exista motivação maior para uma gestante do que ter um bebê sadio e sem problemas. Se pensar nele, com certeza vai superar a tentação de fumar. Além disso, a gestante precisará tomar algumas decisões como se desfazer dos cigarros, isqueiros e cinzeiros. Procure também se distanciar dos lugares e pessoas que fumam. Peça ajuda e apoio ao seu marido, companheiro e amigos. Peça permissão ao seu médico para utilizar chicletes, medicamentos e outros produtos que possam ajudá-la a abandonar o cigarro. Não desanime se não conseguir evitar fumar. Se for necessário, recorra a alguns programas, alguns oferecidos pelo sistema público. Pense que se o seu bebê nascer com algum problema é provável que se sinta culpada. As consequências psicológicas serão piores para a mãe que fuma.

Boa sorte!!

 

Fonte: http://br.guiainfantil.com/


29 jul 2014

O lado bom da rotina


Rotina

Tanto as crianças como os pais podem se beneficiar de uma rotina diária bem estruturada e previsível, ela pode ajudar as crianças a aprender como administrar seu tempo e ensiná-las um sentido de ordem.

Reunir a família toda para brincar, fazer as refeições traz benefícios que vão além do fortalecimento dos laços. Quanto mais a criança participar de atividades de interação com seus pais, melhor será sua capacidade de interagi socialmente, resolver problemas, manter a concentração e até o autocontrole.

Conversei com meu pediatra o Dr. Claudio Len há umas semanas atrás por conta das crises de birra que o Bernardo vinha fazendo, o famoso “Terrible Two” e um dos conselhos que ele deu foi preservar ao máximo a rotina do Be. Essa coisa de achar que a criança fica entediada porque está em casa é coisa apenas da cabeça das mães. Estar num ambiente acolhedor, familiar, com troca de ideias, brincadeiras faz com que a criança se sinta mais segura, confiante e amada. Valorize o tempo juntos, mesmo que seja um almoço ou até assistirem a um filme juntos, isso faz TODA a diferença na vida dos pequenos.

Bjo, bjo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 19 de 249« Primeira...10...1718192021...304050...Última »