25 jul 2013

utilizando a lousa de giz na decoração


Muitas mamães ficam super apreensivas quando seus pequenos começam a esboçar os primeiros rabiscos, mas uma maneira prática e divertida de não correr o risco de ficar com as paredes coloridas e proporcionar para eles um espaço diferenciado para que possam colocar seu lado Picasso para fora. Aqui em casa eu fiz uma parede de lousa na minha varanda e sinceramente espero que o Bernardo se contente e abuse do seu lado criativo apenas ali. Vejam abaixo outras referencias bem bacaninha de como utilizar a lousa.

Bjo, bjo

lousa 4

lousa

lousa2

lousa3

lousa5


24 jul 2013

Como evitar acidentes com os pequenos


A maioria das mamães faz o possível e o impossível para evitar que seus filhos caiam, tropecem, escorreguem, mas proteger a criança de maneira correta durante os passeios ajuda muito, a evitar acidentes graves.

Na hora de levar seu filho para aprender a andar de bicicleta na pracinha, por exemplo, ir munido de capacete e joelheira é fundamental. Os apetrechos ajudam a evitar ferimentos em casos de tombos.

Outro bom exemplo são as boias e coletes na hora de nadar no mar ou piscina. Mesmo que a criança esteja acostumada com a água, ela não deve ficar desprotegida nem por um minuto.

Alguns parquinhos, embora sejam feitos especialmente para crianças, oferecem muitos riscos. Verifique as condições dos brinquedos. A falta de manutenção pode ocasionar tombos feios se os brinquedos estiverem quebrados. É necessário que o chão esteja coberto por areia fofa com pelo menos 30 cm de profundidade, borracha sintética ou qualquer material similar que absorva o impacto, caso ocorra alguma queda. Fique atenta para que o seu filhote não esteja usando o equipamento errado para a sua faixa etária. A garotada que desafia os brinquedos adequados para os mais velhos correm maiores riscos de acidentes.

Para evitar acidentes graves, é recomendado fazer uma rápida inspeção sempre que chegar com a criança em um lugar para brincar. Cheque se o piso está molhado ou escorregadio, se existe alguma marquise ou vão por onde a criança possa cair ou se há por perto objetos pontiagudos que a criança possa se machucar. Com o treino, os olhos dos pais logo começam a detectar esses perigos.

1b

Bjo, bjo


23 jul 2013

Bugaboo Canopy


Mamães, olha só que fantástico este novo lançamento da Bugaboo, adorei a cobertura. Veja como tem um tamanho ótimo para proteger bem o bebê do sol, além de ser bem ventilada… Novo must have de carrinhos para as moms..

Bjo, bjo

Bugaboo Canopy Bugaboo


17 jul 2013

Look de inverno


estilo 6

class time

estilo

estilo2

estilo3

estilo4

estilo5

inverno

Look 1

trançaLook


16 jul 2013

Funchicórea voltará a ser fabricado


1

Mamães o post de hoje é para aquelas que assim como eu são adeptas da Funchicórea que desde o ano passado estava suspensa dos mercados por ordem da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Esta semana a  Anvisa decidiu liberar ainda este mês a produção do medicamento. Em fevereiro de 2012, a Anvisa cancelou o registro do produto do Laboratório Melpoejo, alegando que não havia comprovação da eficácia e da segurança do fitoterápico, que ajuda a combater a prisão de ventre e as cólicas nos primeiros meses de vida da criança. O processo estava na Justiça desde 2005, mas só no ano passado a decisão foi aplicada.

Segundo a assessoria de imprensa da Anvisa, não há previsão de quando a funchicórea voltará a ser comercializada nem informações detalhadas sobre o que motivou a nova decisão do órgão regulador.

O pediatra Marcelo Reibscheid, do Hospital e Maternidade São Luiz (SP), explica que com a funchicórea os bebês podem até se acalmar, mas isso não significa que a cólica passou. Ele apenas se distraiu. Isso porque um dos componentes do remédio é a sacarina, um tipo de adoçante artificial, que, como toda substância doce, desperta aquela sensação de prazer. A mesma que você sente ao comer chocolate. “Não é recomendado que a criança consuma açúcar no primeiro ano de vida, muito menos adoçante”, alerta Reibscheid.

Caso seu filho já tenha feito uso do medicamento, não se preocupe. “O efeito do remédio é agudo, ou seja, o bebê elimina o que ingeriu rapidamente e não há efeitos colaterais”, afirma Moisés Chencinski, pediatra e homeopata.

Mas CUIDADO nenhum remédio pode ser administrado em excesso para nenhuma criança ou bebê, e de preferencia tenha sempre o aval do seu pediatra.

Bjo, bjo

Fonte: Revista Crescer

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 40 de 246« Primeira...102030...3839404142...506070...Última »