16 maio 2013

Tapetes Parklon, nós aprovamos :-)


Mamães, a dica de hoje tenho certeza que vocês vão ADORAR, assim como eu! Um dos presentes que o Bernardo ganhou e que são dos mais úteis é o tapete de atividades da Parklon. Algumas amigas já haviam me dado à dica dos tapetinhos de atividade, que a maioria das crianças e bebês amam, mas eu só conhecia aqueles pequenininhos de 0,80 X 0,80 cm que tem um monte de brinquedinhos pendurados. Não que estes não sejam bacana, mas o da Parklon é incrível.

Primeiro porque além da qualidade eles são super macios e confortáveis além de antitérmicos, com eles as crianças tem liberdade para brincar em segurança as primeiras atividades, como por exemplo, aprender a engatinhar.

Confeccionados com material a base de PVC aerado, o que garante uma agradável sensação de estar caminhando sobre silicone o que resulta numa sensação de conforto em contato com a pele, os tapetes também impede que a temperatura do solo chegue à superfície fazendo um isolamento térmico, o que para época do frio é ideal. Você não precisa lotar a sua cama de brinquedos, eles podem continuar no tapete, pois não passa a friagem do chão, não é o máximo?

E para fechar com chave de ouro o seu revestimento de uretano reforça a resistência do tapete e atua contra sujeira, manchas, mofo, micróbios, ácaros e bactérias.

Com os tapetes Parklon os ambientes da criançada ficam mais alegres, pois existem modelos com várias estampas de personagens de desenhos animados, formas geométricas, letras e números que ajudam no desenvolvimento emocional e intelectual da criança.

Aproveitem a dica, tenho certeza que seus pequenos vão amar.

Bjo, bjo

1.1

Leia mais…


15 maio 2013

Sexo pós parto


BC0896-001

Muitas mulheres passam pela queda da libido e a diminuição da vontade de fazer sexo após o parto. O desconforto dos pontos no caso de parto de Cesária, ou até mesmo a indisposição e o cansaço por conta da nova rotina com o bebê são fatores que diminuem ainda mais a vontade da mulher manter relação sexual. Abaixo vocês verão algumas dicas que poderá ajudar neste momento.

O sexo no pós-parto pode mudar e ser menos prazeroso?

A libido da mãe e do pai pode ser alterada pela rotina da casa, que passa a se pautar pelos choros do recém-nascido e pelas novas preocupações. Assim, a disponibilidade e a importância dada para as relações sexuais mudam e interferem na dinâmica do casal. Fisiologicamente, o sexo no pós-parto não é menos prazeroso. Há relatos de casais que consideram exatamente o oposto. Mas para isso é importante que marido e mulher tenham, além do planejamento de ter um filho, o hábito de conversar a respeito do que eles podem fazer para preservar a vida a dois. E, atenção, o carinho, a cordialidade e a capacidade de se colocar no lugar do outro devem fazer parte do relacionamento.

É normal a lubrificação diminuir?

“Após o parto, os níveis hormonais da mulher ficam mais baixos e isso faz com que a mucosa vaginal fique ressecada e menos lubrificada”, explica Eduardo da Motta. A própria prolactina, o hormônio que tem a função de estimular a produção de leite, não ajuda muito e pode inibir a libido da mulher e, por consequência, a lubrificação. Enquanto a mãe estiver amamentando, esse quadro pode se prolongar.

É normal sentir dor nas primeiras relações?

A dificuldade na lubrificação pode dificultar o sexo e às vezes causar dor e desconforto. A tendência é que, com o retorno da menstruação, os hormônios se estabilizem e o sexo volte a ser prazeroso do início ao fim.

As relações podem ser dolorosas e boas, alternadamente? O que pode estar gerando o desconforto esporádico?

Depois que o corpo está recuperado do parto, não existe uma razão física para sentir dor. O problema, em geral, está ligado à redução da libido. E essa diminuição tem muitas causas, como as noites sem dormir, o cansaço, a baixa autoestima por causa da insatisfação com o corpo – flacidez no abdômen, excesso de peso. Agora, se você perceber que seu prazer reduziu – e muito -, vale a pena procurar a ajuda de um especialista.

Existem tratamentos, remédios e formas de contornar a situação?

Até que os hormônios se estabilizem – e isso costuma acontecer com o retorno da menstruação -, o casal pode lançar mão de produtos lubrificantes vaginais. Exercícios físicos e de relaxamento também são aliados da libido.

Existem posições mais indicadas para essa fase?

Não. Existem as posições em que o casal se sente mais confortável.

Durante uma relação, o leite pode jorrar? Como lidar com isso?

A reação a esse e a muitos outros imprevistos que surgem na vida vai depender do casal e do relacionamento que foi construído antes mesmo de se pensar na gravidez. Há quem veja o leite jorrar durante o sexo com naturalidade e quem ache nojento. Mas uma dose de bom humor e cumplicidade é essencial e faz com que ambos superem tais situações com facilidade.

E quando o marido perde o interesse por sexo?

Não é só a mulher que enfrenta desafios no pós-parto. O homem passa por uma revolução – menos hormonal e mais emocional. Com a chegada do pequeno, ele assume um novo papel, o de pai. E, para muitos, mãe e sexualidade não combinam. “No imaginário ocidental, a maternidade não combina com o sexo. Essa divisão de sexo como pecado, como algo negativo, acaba não batendo com a pureza cobrada da maternidade”, explica Theo Lerner, ginecologista e especialista em sexualidade do Instituto Paulista de Sexualidade. Para completar, o bebê vira o centro das atenções e, por consequência, não raro maridos e companheiros se sentem abandonados pelas mulheres. Aos homens, sobra frustração. E esse cenário só muda e evolui com um remédio: o diálogo franco, sincero e respeitoso.

O que fazer quando o sexo é interrompido pelo choro do bebê?

De fato, poucas coisas cortam o clima de um casal como um choro de criança. O ideal é investir em uma aproximação em momentos em que o bebê esteja dormindo. Mas, como todos sabem, os pequenos podem ser imprevisíveis. Por isso, a saída é contar com uma rede social de apoio (babá, mãe, sogra e afins) para conseguir um tempo para o casal namorar. Caso nada disso seja possível – e ele gritar na hora H -, resolvam o problema da criança e, se houver vontade e interesse, voltem de onde pararam. Sem grandes dramas, é preciso levar a vida com leveza!

Bjo, bjo

fonte: bebe.abril.com.br


14 maio 2013

Theraline, um sonho para qualquer grávida


Mamães vocês já devem ter visto este travesseiro em um monte de publicação pela web, não é mesmo? Infelizmente o Theraline, não é vendido aqui no Brasil, uma penna, pois a maioria das mulheres, principalmente as que estão no final da gravidez amariam trocar seus maridos por travesseiros como este rs rs rs.

Como o blog também tem a finalidade de ajudar muitas das mamães a solucionar problemas, esta semana comprei enchimento de almofada, tecido 100% algodão e pedi para a minha costureira fazer um igual a estes para mim. Como não achei as medidas eu fiz o meu com 1,20 metros de comprimento e 35 de largura. Para deixá-lo mais maleável, não udei muito enchimento, caso contrário poderia ficar muito rigído e dificultar a noite de sono. Vamos ver como vai ficar o resultado final, e se ficar bacaninha em breve o blog comercializará este sonho de consumo de qualquer gestante.

Bjo, bjo

Bjo, bjotheraline1 theraline2 Theraline3 theraline5 theraline4


13 maio 2013

Festa da Pequena Sereia


Uma das minhas princesas preferidas da Disney é a pequena sereia, nas minhas buscas na web, achei a decoração desta festa que sinceramente me encantou, primeiro pela originalidade das peças, as cores usadas e acima de tudo o bom gosto. Espero que gostem 🙂

Bjo, bjo

 

Mermaid_Party-550x366

Mermaid_Ruffled_Ombre_Cake

Oyster_Cookies

Mermaid-party-Guests

Mermaid_Party_Table_Decor

Mermaid_Part

Marmeid Starfish_Sugar_cookies

69

Jelly-Pots


10 maio 2013

Feliz dias das mães


Depois de 35 anos, este será o meu primeiro dia das mães, minha sensação é indescritível, não porque vou ser homenageada, mas agora eu tenho um ser que depende de mim. Há aproximadamente 3 meses e meio ganhei o maior presente da minha vida, o meu Bernardo. Na época do nascimento dele, meus dias e noites eram intermináveis, meu anjo, nasceu com baixo peso e os dias que passaram ele perdeu ainda mais. Meu coração doía a cada choro ou resmungo, não que ele estivesse mal, mas enquanto eu não escutasse o pediatra falar que ele estava com o peso adequado para a sua faixa etária eu não conseguiria sossegar. Será que, sou a única mãe que exagera os fatos que acontecem com seus filhos? Depois destas longas 3 semanas, que foi o tempo que o Be levou para entrar no peso ideal eu percebi que jamais terei uma noite de sono sem que eu pense no meu pequeno. Minha vida está mais alegre, mais colorida… Me sinto plena e feliz… Hoje entendo o maior amor do mundo, pois é o que eu sinto pelo meu filho. Para minha mãe, ainda mais valor e carinho, pois hoje entendo um pouco mais do sentimento dela em relação a mim e a minha irmã .

Desejo para todas as mães muitas felicidades e ótimos momentos com suas crias, sejam elas pequenas ou grandes e que não só neste domingo elas recebam um carinho a mais, mas todos os dias.

Bjo, bjo

1a

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Página 50 de 250« Primeira...102030...4849505152...607080...Última »